The Bible gets clear when we consider the historics happening. And it has to be thus because "AND THE WORD BECAME FLESH AND DWELT AMONG US". Bible Code in detail see: WWW.HOPETALK.ORG. A Bíblia fica clara quando levamos em consideração os acontecimentos históricos. E deve ser assim porque "O Verbo se fez carne e habitou entre nós". Código em detalhe: WWW.BIBLIA.COM.BR

sábado, 22 de abril de 2017

TESTEMUNHA DE JEOVÁ BANIDOS DA RÚSSIA - UM PRECEDENTE

TESTEMUNHA DE JEOVÁ BANIDOS DA RÚSSIA - UM PRECEDENTE

No meu canal do youtube há muitos vídeos em que falo de uma perseguição que os cristãos autênticos irão enfrentar. Recebo um caminhão de críticas diariamente! Há pessoas que não param para analisar que isso é possível. Existe uma amostra quente que prova aquilo que eu enfatizo e chamo atenção. A Rússia baniu os Testemunhas de Jeová de seu território.
Como que isso foi possível? Simples! A maioria dos países soberanos tem uma lei anti-terrorismo vigente. E há muitos que estão aplicando essa lei às pessoas de bem. Não sou Testemunha Jeová e nem simpatizante. Respeito a crença e o posicionamento religioso de todos. Cada um de nós tem o direito de seguir o caminho religioso que quiser. Todos tem o direito de expor (pregar) sua fé para quem quiser ouvir. Num contexto de liberdade religiosa isso é garantido e sagrado. Ninguém pode obrigar ninguém a aceitar sua fé. E ninguém tem o direito de proibir a expressão do outro. Isso são limites e liberdades que quando bem entendido e praticado; a sociedade ganha. A Rússia não entende isso! É claro que a Igreja Ortodoxa está por trás disso tudo. Seu chefe e o presidente Putin conseguiram na justiça proibir os Testemunhas de Jeová de operar em território russo.
O que eles alegam? Suas alegações são infundadas e absurdas. Dizem que os Testemunhas de Jeová são uma organização criminosa e perigosa à sociedade russa porque se recusam a pegar em armas, servir o exército, doar sangue, ficam de porta em porta e outras do naipe. Como um grupo religioso que se recusa a pegar em armas podem ser classificados como organização terrorista como o ISIS? Não concordo com um monte de doutrinas que os Testemunhas pregam; mas proibi-los e classificá-los como organização criminosa é golpe baixo. Isso é violação da liberdade religiosa, que a meu ver é um dos bens mais precioso da humanidade.
A Rússia abriu um precedente! O diferente vai ser proibido. Se há qualquer comunidade religiosa que pensa e prega algo diferente dos demais pode ser proibido em breve. Mesmo com o respaldo bíblico, o mundo político vai cassar grupos religiosos que não estiverem de acordo com o governo. A Igreja do Estado não permitirá que nenhuma voz destoa qualquer mensagem sustentada por ela. Assim como na Rússia, a Igreja se valerá do poderia político para aprovar leis contra minorias religiosas. Apocalipse 13 não está mentindo. Em breve isso vai ser realidade não só na Rússia, mas em todo mundo.
Estados Unidos e ONU condenaram a Rússia por isso. Mas infelizmente elas, logo, estarão seguindo o mesmo caminho. Precisamos conhecer as profecias para não sermos enganados. Está tudo lá. Daniel e Apocalipse já deixaram bem claro o que vai acontecer no mundo religioso e político. A liberdade religiosa vai ser banida dos países. Já não há liberdade nos países muçulmanos, só faltam os não muçulmanos. Precisamos aproveitar essa liberdade enquanto ela existe em nosso país para pregarmos. Maranata!

JEHOVAH'S WITNESS BANNED FROM RUSSIA - THE PRECEDENT

JEHOVAH'S WITNESS BANNED FROM RUSSIA - THE PRECEDENT

On my youtube channel there are many videos in which I speak of a persecution that authentic Christians will face. I recieve much critiques daily for that! Some people don't stop to analyze that is perfectly possible. There is a hot sample that proves what I emphasize and preach here. The Russia banned the Jehovah's witnesses in all your territory.
How could it happen? Simple! Most sovereign countries have an anti-terrorism law. And there are many who are applying this law to the good people. I'm not a Jehovah's Witness and not support of them. I respect the belief and religious positioning of all religion. Each one of us has the right to follow the religious path we want. Everyone has the right to expose (preach) your faith to anyone that want to listen. In a context of religious freedom; that is guaranteed and sacred. No one can force anyone to accept your faith. And no one has the right to prohibit the expression of your faith. Those are the limits and liberties that when they properly understood and practiced; society wins. The Russia doesn't understand that! It is clear that the Orthodox Church is behind all of this. Your Pope and President Putin have succeeded in court to ban the Jehovah's Witnesses from operating in Russian territory.
What do they claim? Their claims are unfounded and absurd. They say that Jehovah's Witnesses are a criminal organization and dangerous group to Russian society because they refuse to take up arms, serve in the army, done blood, preach from door to door and other things like these. How can a religious group that refuses to take up arms be classified as a terrorist organization like ISIS? I don't agree with a lot of doctrines that the Witnesses preach; but banning them and classifying them as criminal organization is low hit. This is a violation of religious freedom, which in my opinion is one of the most precious assets of humanity.
Russia opened a precedent! The minority will be banned. If there is any religious community that thinks and preaches something different from the others may be banned soon. Even with the biblical support, the political world will take away religious groups that are not in accordance with the Government. The Church of the State will not allow any clashes with any voice message supported by it. As well as in Russia, the Church will be capable to pass laws against religious minorities. Revelation 13 is not lying. Soon this will be a reality not only in Russia, but throughout the world.

United States and UNITED NATIONS have condemned Russia for this. But unfortunately, they soon will be following the same path. We must know the prophecies, for not to be deceived. It's all there. Daniel and Revelation have already made it very clear what's going to happen in the religious and political world. Religious freedom will be banned. There is no freedom in Muslim countries, but only in non-Muslims. We need to take advantage of that freedom while it exists in our country to preach. Maranatha!

domingo, 20 de novembro de 2016

COMO SERÁ A RELAÇÃO DONALD TRUMP E PAPA FRANCISCO?



COMO SERÁ A RELAÇÃO DONALD TRUMP E PAPA FRANCISCO
O mundo foi surpreendido com a vitória de Donald Trump. Os americanos escolheram Trump para ser presidente. Nós, aqui neste blog, falamos muito disso. Minhas análises apontavam Hillary como a mais provável por favorecer alguns cenários apocalípticos. Mas Donald Trump ganhou! Vamos tecer alguns comentários encima dessa pergunta: como será a relação Donald Trump e papa Francisco?
Ninguém tinha dúvida que Hillary Clinton era a preferida do papa Francisco. Os democratas tem uma agenda em comum com o Vaticano. Há muitas bandeiras comuns como o apoio aos homessexuais, imigração e as questões climáticas. Mas não deu para Hillary!
Os jornais em todo mundo dizem que a maior perda que a vitória de Trump trouxe foi para o aquecimento global. O acordo de Paris sofreu um revés imenso. Políticos de várias nacionalidades como o presidente francês François Hollande e o secretário geral da ONU Banki Moon dizem que o acordo de Paris é irreversível. O governo Obama foi rápido em implementar esse acordo para que o próximo presidente americano não conseguisse sair do acordo em menos de quatro anos.
O presidente eleito Trump é totalmente contra esse acordo. Ele e todos os republicanos negam que a terra esteja sofrendo as degradações causadas pelo o homem. O presidente e sua equipe não podem tirar os Estados Unidos do acordo; mas pode desrespeitá-lo. Isso é lastimável, mas, provavelmente é o que vai acontecer. A principal bandeira governamental do papa Francisco está ameaçada. O que vai acontecer? O tempo nos dirá!
O Vaticano tem um poder amalgamador! Ele é que manda e desmanda. Como é um jesuíta que está no poder no Vaticano; seus representantes estão espalhados por todo o mundo praticando a diplomacia a todo o vapor. Prova disso é o que o cardeal de Nova Iorque vem fazendo em todas as eleições americanas. Algumas semanas antes da eleição, num jantar caridoso, o cardeal tirou fotos entre Trump e Hillary. Isso foi uma demonstração clara de poder sobre o próximo presidente; seja um ou o outro eleito.
Um fato adicional interessante é que entre Donald Trump e papa Francisco existem pontos em comuns. E é por aqui que ambos podem, e provavelmente vão se conectar. Ambos são contra a perseguição aos cristãos que o ISIS impõe lá no Oriente Médio. Os dois adotam um discurso da liberdade religiosa. Esse ponto é muito esquisito, uma vez que o Apocalipse fala em perseguição e boicote. Esquisito só até a página dois; pois quando se enfatiza muito alguma coisa, costuma-se agir contrário àquilo.
A América está vivendo uma crise moral. E é talvez por isso que Donald Trump ganhou. A bandeira dos republicanos é sustentada por conservadores. Católicos e evangélicos conservadores preferiram um Trump ‘racista’, ‘isolacionista’, ‘sexista’, ’xenófobo’ a uma Hillary liberal com os valores religiosos. Pelo menos foi e é assim que a mídia americana e estrangeira pintam o presidente eleito.
O Vaticano terá trabalho com o governo Trump. Seus agentes jesuítas terão que dar o melhor para aproximar Trump e Francisco. Mas na pior das hipóteses; Trump pode ficar só 4 anos; e Francisco o triplo disso. É bem difícil de os republicanos mudarem sua opinião sobre o clima, mas em se tratando de política e agentes jesuítas; tudo é possível.

HOW WLL BE THE RELATIONSHIP BETWEEN DONALD TRUMP AND POPE FRANCIS




HOW WILLTHE RELATIONSHIP BETWEEN DONALD TRUMP AND POPE FRANCIS BE?
The world was surprised with the victory of Donald Trump. The Americans have chosen Trump to be President. We, here in this blog, talked a lot about it. My analysis had pointed out Hillary as the most likely to gain because she fitted more in some doomsday scenarios. But Donald Trump won. Let's make a few comments about this question: how will be the relationship between Donald Trump and Pope Francis?
No one had any doubt that Hillary Clinton was the Pope’s favorite. The Democrats have an agenda that is common with the Vatican one. There are many common flags to Democrats and the Holy See as support for homosexuals, immigration and climate change. But Hillary lost.
Newspapers around the world say that the biggest loss that Trump's victory brought, it was for global warming. The Paris agreement has suffered a setback a lot. Politicians of various nationalities as French President Francois Hollande and the UN Secretary General Banki Moon say that the Paris agreement is irreversible. The Obama Government was quick to implement that Paris agreement so that the next American President couldn't get out of it in less than four years.
The President-elect Trump is totally against this agreement. He and all the Republicans deny that the Earth is suffering the degradations caused by the man. The President and his team can't take out the United States from this agreement; but they can disrespect it. That is unfortunate, but it's probably and it is what's going to happen. The main Government flag of Pope Francis is threatened. What's going to happen? The time will tell us!
The Vatican has a power of mixture. The Holy See has the power to command. As it is a Jesuit who is in power in the Vatican; their representatives are scattered throughout the world practicing diplomacy with their total ability. Proof of that is what the Cardinal of New York has been doing in all American elections. A few weeks before the election, a charitable dinner, the cardinal took pictures between Trump and Hillary. That was a clear demonstration of power over the next President; be one or the other.
A further interesting fact is that between Donald Trump and Pope Francis there are points in common. And here is where both can, and probably will connect. Both are against the persecution of Christians that ISIS imposes there in the Middle East. The two adopt a religious discourse of freedom. This point is very weird, because the Revelation speaks in persecution and boycott. Weird just to the page two; because when someone emphasizes something badly enough, they act contrary to it.
America is in a moral crisis. And that's maybe why Donald Trump won. The flag is supported by conservative Republicans. Catholics and evangelicals conservative preferred a ' racist ', ' isolationist ', ' sexist ', ' xenophobe ' Trump than liberal Hillary to religious values. At least, it was how the American and foreign media paint the President-elect.
The Vatican will have hard work to gain Trump confidence. Their agents will have to bring Trump and Francis at turning point. But at worst; Trump can get only 4 years in power; and Francis can reign for triple of that. It's pretty hard to the Republicans change your opinion about the climate change, but when we are talking about politics and Jesuit agents; anything is possible.

quarta-feira, 19 de outubro de 2016

HILLARY E TRUMP NA BATALHA PELO TRONO

HILLARY E TRUMP NA BATALHA PELO TRONO
O cargo de presidente dos Estados Unidos é o mais desejado e disputado do mundo. Em 2016, quem luta pelo trono são o empresário e apresentador Donald Trump e a ex-senadora e ex-secretária de Estado Hillary Clinton. O triste disso tudo é que ambos não têm brio moral, do ponto de vista cristão. Há um fato, muito além de outras questões espinhosas ao cristianismo autêntico; ambos fazem qualquer coisa pelo poder.
Luta pelo trono à parte, as questões, que eu chamo de espinhosas; vão tomar forma. O clima é a primeira da lista. A discussão do aquecimento global ganha mais corpo e forma se Hillary for eleita presidente. Os movimentos migratórios tendem a ficar mais belicosos, caso Trump ganhe. As relações Casa Branca–Vaticano se estremecerão se Hillary perder. Não temos tempo para detalhar outros temas interessantes, mas gostaríamos de nos deter no caso climático.
Como já dissemos antes neste blog, a questão do aquecimento global é uma peça agregadora das tribos (cientistas, religiosos, políticos, cidadão comum). A deterioração da natureza é fato e os prejuízos para toda humanidade são visíveis em toda parte. Quando a natureza resolve mostrar suas feridas aos homens, todos voltam ao tema: ‘precisamos fazer alguma coisa urgentementepara sarar a terra’. Há aqueles (alguns cientistas e alguns políticos, claro!) que negam o fato ao dizer que tudo não passa de questões políticas. Não comungo dessa opinião. A natureza, ou melhor, a Terra está doente sim. E realmente precisamos fazer alguma coisa. Só que é nesse ‘fazer alguma coisa’ que fico temeroso. É nessa brecha que as predições do Apocalipse se tornarão realidade.
É no afã de cuidar da Terra que interesses nada éticos ou santos podem aparecer e estabelecer. Como não é nada bobo; o Papa Francisco já se antecipou e estabeleceu sua agenda política e interesses. E como os Jesuítas são imbatíveis na diplomacia, eles já têm todos os contatos ao redor do mundo; principalmente nos Estados Unidos da América. Em 2015, Francisco lançou sua visão política de mundo para a Terra e os democratas americanos, na pessoa de Barack Obama, já se posicionaram à favor da enigmática Encíclica Laudato Sì.
Li a encíclica de Francisco e achei muito boa. Só houve um equívoco: doutrinar as pessoas do mundo todo com as ideias Católicas de cristianismo. Obama achou o máximo! Nunca um presidente americano esteve tão envolvido com a questão climática e energia limpa quanto Obama está. Trump não se curvaria a essa agenda, assim como os republicanos também não. Isso é um forte indício que Hillary... Não se pode cantar vitória antes da hora.
Bem; as eleições serão mês que vem. A mídia americana e mundial são pró Hillary. O povo é influenciado pela mídia. Trump está encurralado! Não precisa falar muita coisa. Bem, o certo é que; confirmando o provável, Hillary endossará o discurso da energia limpa, a redução do CO2, e tudo relacionado com a ‘salvação da Terra’. E com isso tudo; o Vaticano estará implantando suas ideologias religiosas no mundo político também.

Quero parar por aqui por aqui. As imagens valem mais que mil palavras. Só espero que você conheça bem a Bíblia e não seja enganado com falsas doutrinas que a Igreja e o Estado imporão aos cidadãos no mundo todo. Está sendo tudo bem sutil, mas claro. Só falta você ter informação dos dois lados.

HILLARY AND TRUMP IN THE BATTLE FOR THE THRONE

HILLARY AND TRUMP IN THE BATTLE FOR THE THRONE
The Presidency of the United States of America is the most desired and disputed office in the world. In 2016, who is fighting for the throne are the entrepreneur and presenter Donald Trump and former Senator and former Secretary of State Hillary Clinton. The sad thing in this race to the White House is that both runners have no moral brightness, in Christian point of view. There is a fact, far beyond other thorny issues to authentic Christianity; both runners do anything for power.
The struggle for the throne apart, the issues, that I see as hard; will take shape. The climate change is the first on the list. The discussion of global warming can gain more body and shape if Hillary got elected as President. Migratory movements tend to be more bellicose, if Trump wins. White House-Vatican relations will be shaken if Hillary loses. We don't have time to detail other interesting topics, but we'd like to focus on climate change.
As we have said before on this blog, the issue of global warming has the power to unite all tribes (scientists, religious, political, ordinary citizen). The deterioration of nature is fact and the damage to all mankind are visible everywhere. When nature decides to show its injuries to the men, all goes back to the topic: 'we need to do something urgently to heal the Earth'. There are those (some scientists and some politicians, of course) who deny the fact that it's all political issues. I do not share with this opinion. Nature, or rather, the Earth is sick. And we really need to do something. And for just 'do something' that I'm afraid. This is the loophole that the predictions of the Revelation Book will come true.
It is in the action to take care of the Earth that bad interests or davil goals can appear and establish. Being not silly; Pope Francis has already anticipated and established his political agenda and goals. And as the Jesuits are unbeatable in diplomacy, they already have all contacts around the world; mainly in the United States of America. In 2015, Francis launched his world policy vision for the Earth and the American Democrats, in the person of Barack Obama, have already positioned themselves for the enigmatic Encyclical Laudato Si.
I have already read the Francis’s Encyclical and found it very good. There was only one mistake: it indoctrinates people around the world with Catholic ideas of Christianity. Obama got impressed himself with it! An American President has never been so involved with the climate change and clean energy issue as Obama is right now. Trump wouldn't bow down to this agenda, as well as the Republicans don't either. This is a strong indication that Hillary... You can't sing victory before the right time.
Well; the elections will be next month. The American and global media are pro-Hillary. The people are influenced by the media. Trump is egged! You don't have to talk a lot. Well, the correct is that; confirming the possibility, Hillary will endorse the speech of clean energy, CO2 reduction, and everything related to the 'salvation of the Earth'. And with it all; the Vatican will be deploying its religious ideology in the political world as well.

I want to stop right here. The pictures are worth more than thousands of words. I just hope you know the Bible and don't be fooled by false doctrines that the Church and the State shall force citizens around the world to obey. All things are being very subtle, but clear. You have to get information from both sides.

domingo, 21 de agosto de 2016

A MARCA DA BESTA E OS ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA



A MARCA DA BESTA E OS ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA

O tema ‘Marca da Besta’ sempre está em voga. Todos querem saber o que é! Até os não religiosos querem saber sobre detalhes dessa questão espinhosa. Digo espinhosa porque há mais briga sobre o que seria a tal marca do que estudo sério. Quem apresenta o fato com muito blábláblá e nenhum argumento deixa a desejar e não é digno de credibilidade. Podemos e devemos ler tudo sobre o tal tema; mas, bom seria se lêssemos apenas textos que apresentassem coerência textual e histórica dentro da verossimilhança bíblica. Reitero que deve ser bíblico porque o assunto está no coração da Bíblia judaico-cristão.
Falemos um pouco do Apocalipse, pois é lá que encontramos a expressão ‘Marca da Besta’. No capítulo 13, nos últimos versos e no capítulo 20; encontramos referências diretas sobre a tal ‘Marca’. Quem não receber a Marca da Besta não poderá ter uma vida social tranqüila; isto é, não poderá fazer transações comerciais, receber serviços públicos; ou seja, as pessoas com esse impeditivo passará a viver às margens da sociedade e sob pressão de todos os lados. O livro “Apocalipse – A Batalha Final de Arilton Oliveira está bem detalhado sobre esta e outras questões do Apocalipse.
O que é a ‘Marca’? Qualquer marca é um distintivo de pertencimento. Se olharmos para a Bíblia, poderemos perceber que Deus, por diversas vezes, utilizou ‘Marcas’ para distinguir seu povo. Foi assim quando seu povo saiu do Egito, por exemplo. Nos fins dos tempos, Deus e Satanás marcarão os seus. Alguns detalhes os debatedores devem concordar:
ü  As marcas serão visíveis
ü  As marcas terão alcance mundial
ü  As marcas trarão lutas entre os dois grupos
ü  As marcas envolverão a política e a religião
ü  As marcas alcançarão religiosos e não religiosos
Poderíamos falar de mais características consensuais entre os debatedores, mas pensemos sobre outro viés: a política e a religião. Cabe uma pergunta: quem dar as cartas na política e na religião mundialmente? Todo mundo sabe e não é segredo para ninguém que Estados Unidos da América e a Santa Sé, respectivamente mandam e desmandam. Os chefes de cada representação têm voz e vez no mundo. A política e a religião estão tão juntas em muitos objetivos que não se podem fazer uma análise sem omitir uma quando se fala da outra. Uma coisa é escancarada: a política e a religião estão tão íntimas hoje como esteve na famosa e horripilante Idade Média. As questões de interesse mundial passam por Washington D.C. e Vaticano. Não acredita? Então por que a sala do Vaticano não pára de receber chefes de Estado o tempo todo? Você acha que o chefe do Vaticano anda pelo mundo cuidando das questões religiosas que envolvem a fé católica? Se pensa assim engana-se!
Aqui cabem umas perguntas capitais: O que o Vaticano defende que fere os princípios bíblicos? O que Washington defende que bate frontalmente nos princípios da Palavra de Deus? Se conseguir analisar os fatos, você chegará às respostas dessas duas questões chaves para se entender o contexto do fim do mundo. Se você conseguir pensar num plano supradenominacional, certamente terá condições de ter a resposta correta. Caso você não tenha essa capacidade de se desprender de sua denominação religiosa cristã, não terá condições de analisar os fatos.
A força política dos Estados Unidos está unida em alguns pontos. Embora o país seja dirigido por um dos dois partidos, podemos dizer que ambos andam mais ou menos na mesma direção quanto a um monte de questões. Os democratas, que estão no poder por dois mandato consecutivos com Barack Obama, tem tudo para continuar com Hillary Clinton; pois Donald Trump, republicano, não consegue se firmar após as primárias. Este, não consegue segurar a língua; órgão que o apóstolo Tiago fez duras recomendações aos cristãos.
O que os democratas defendem que fere Deus? Eles são a favor das minorias que inclui os homossexuais. Eles são defensores ferrenhos do casamento de duas pessoas do mesmo sexo. Eles apóiam a energia limpa (Isso aí é muito bem, mas há um problema que explicaremos mais tarde).
E o Vaticano, a Santa Sé, o que eles defendem que é anti-bíblico? Qualquer pessoa que consegue interpretar texto, lendo a Bíblia integralmente, descobrirá que a Santa Sé, comandada por um Papa, tem uma política anti-bíblica. Posso citar aqui:
ü  Paridade da autoridade da Bíblia com as tradições.
ü  Adoração ou veneração de pessoas mortas canonizadas.
ü  Pregação do evolucionismo.
ü  Mudança da lei de Deus.
ü  Sincretismo religioso.
A Santa Sé, nome político da ação católica no mundo religioso e político, tem idade milenar. Ela tem uma história que nenhuma instituição cristã tem. Ela tem uma riqueza intelectual, política e financeira que nenhuma instituição religiosa tem. Ela tem porta aberta em quase todo lugar do mundo como nenhuma outra instituição religiosa ou política tem. Ela tem uma diplomacia poderosa que nenhum país tem. Basta lembrar que foi a Santa Sé que fez a intermediação na reaproximação Estados Unidos – Cuba.
Como não acreditar que (se o Apocalipse estiver certo, e acredito piamente que está) estas duas instituições poderosas vão desempenhar um papel efetivo no fim do mundo? Cabe a última pergunta: como que o sobrenatural entra no mundo natural? Você já se fez essa pergunta? Se tem a Bíblia como sendo a Palavra de Deus, você deve se lembrar que Paulo disse aos Efésios (6:12) que há uma luta entre o bem e o mal nas regiões celestes. E essa luta chegou até nós com a entrada do pecado. Você pode discordar de mim, mas não existe outra forma melhor para o sobrenatural entrar no nosso mundo natural senão pela a religião. Essa palavra religião quer dizer religar. E quando a política e a religião se unem, temos uma ‘materialização’ do sobrenatural no mundo natural de uma forma mandatória, abrangente; pois até quem não é religioso é atingido. Como a política está cheia de pessoas anti-Deus e contra os princípios verdadeiros de Deus; eu diria que o casamento da política e da religião é a porta de entrada das forças sobrenaturais do mal no nosso mundo natural. É a chance para o Anticristo chefe se manifestar entre nós.
Sim! A ‘Marca da Besta’ está aí. A marca é algo que muitos já estão familiarizados. Só se tornará marca oficial quando os governos torná-la lei pelos seus parlamentos. Se quiser saber detalhes sobre as bases materiais para que os governos tomem posse, leia aqui. Quando a América oficializar por meio de lei em todo seu território, teremos o início da última grande controvérsia. Deus já tem sua ‘Marca’ desde a fundação do mundo. O Inimigo de Deus vem trabalhando sua marca há mais de um milênio. A América, com os democratas no poder, poderá acelerar esse processo, pois Hillary e seu partido sofrem fortes influências do Papa (Santa Sé). 


Não precisamos temer, pois Deus é Senhor e Salvador. É necessário tudo isso acontecer para que o Iníquo seja revelado para todo mundo que estiver vivo. Ninguém ficará inocente. Não se pode fazer nenhum Juízo sem dar o direito das partes do processo conhecer os porquês. Se você não sabe muito sobre isso, busque conhecimento e decida. Lembre-se de uma coisa: Jesus é nosso Advogado fiel!